https://periodicos.unespar.edu.br/index.php/luminaria/issue/feed LUMINÁRIA 2022-04-23T08:09:09-03:00 Rogério Antonio Krupek rogerio.krupek@unespar.edu.br Open Journal Systems <span>A revista Luminária é um periódico semestral vinculado ao Centro de Ciências Exatas e Biológicas da Universidade Estadual do Paraná – UNESPAR, campus de União da Vitória. Trata-se de uma revista cientí­fica de caráter interdisciplinar com finalidade de publicar artigos cientí­ficos das diferentes áreas de conhecimento, incluindo as Ciências Exatas e Biológicas. Participam deste periódico cientí­fico pesquisadores de diversas Instituições, sendo que a proposta primordial é oferecer a todos os interessados um espaço para divulgação de suas produções cientí­ficas, com o foco multidisciplinar. A Revista apresenta fluxo contí­nuo para submissão de textos.</span> https://periodicos.unespar.edu.br/index.php/luminaria/article/view/4329 Levantamento etnobotânico do consumo de plantas medicinais utilizadas na cidade de Colorado, Paraná. 2022-04-08T09:59:36-03:00 Franciele Zanardo Bohm franciele.bohm@ies.unespar.edu.br Yasmin de Oliveira yasmin.oliveira.63@estudante.unespar.edu.br A utilização de plantas medicinais pelas populações humanas é descrita desde antigas civilizações, sendo o conhecimento sobre o uso terapêutico das plantas, muitas vezes, transmitido ao longo das gerações. A etnobotânica busca identificar a relação entre as plantas e comunidades de uma determinada região. O objetivo deste trabalho foi identificar as formas de obtenção e consumo das principais plantas medicinais utilizadas pela população do municí­pio de Colorado, Paraná e disseminar através da elaboração de uma cartilha, informações seguras que incentive o consumo das plantas medicinais. A metodologia empregada neste trabalho consistiu em uma pesquisa de campo aplicando-se um questionário do tipo quantitativo-qualitativo semi-estruturado. O perí­odo de coleta de dados foi de outubro a dezembro de 2020 e foram investigados 80 voluntários, maiores de 18 anos, que aceitaram participar da pesquisa. A análise dos dados obtidos, mostrou que 54 espécies são utilizadas pela população contra males diversos (dores, resfriados, cólicas, etc. Nota-se que a utilização de plantas medicinais é bastante diversificada entre os entrevistados, havendo grande importância de levar o conhecimento sobre uso adequado e grandiosidade do potencial terapêutico das plantas medicinais, bem como, possí­veis efeitos tóxicos, visto que, a população em sua maioria ainda os desconhecem ou acreditam que tais efeitos não existam por se tratar de produtos naturais. 2022-04-08T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 LUMINÁRIA https://periodicos.unespar.edu.br/index.php/luminaria/article/view/4055 A influência do horário do arraçoamento no desempenho produtivo de alevinos de Tilápia 2022-04-18T14:14:57-03:00 Alessandro Mateus Sloty alessandrosloty@gmail.com Viviane Demetrio do Nascimento vivianedemetrionascimento@gmail.com Rafael Bueno Noleto rbnoleto@yahoo.com.br Renan Gargiel de Oliveira renan_gargiel@live.com Marcos Otávio Ribeiro marcosotavio87@hotmail.com <span>A tilápia é considerada uma das espécies mais promissoras na piscicultura. Sua produção aumentou significativamente na última década ocasionada pela sua capacidade de adaptar-se a diversos tipos de ambiente, rápido crescimento e hábito alimentar oní­voro. Todavia</span><span> um dos principais desafios enfrentados na tilapicultura brasileira é referente à alimentação, que compreende um dos maiores custos de produção. <span>Assim, constantes inovações nas técnicas de criação se fazem necessárias na busca do aperfeiçoamento e expansão da produção resultando em melhor custo-benefí­cio.</span> O estudo objetivou avaliar se o perí­odo em que os alevinos de tilápia são alimentados pode influenciar no seu desempenho. Para isso </span><span>foram utilizados seis tanques de alvenaria medindo 10m<sup>3</sup>, com 70 alevinos para cada unidade experimental, totalizando 420 alevinos com médias de 10g (<span style="text-decoration: underline;">+</span>1) e 8cm (<span style="text-decoration: underline;">+</span>1) cada indiví­duo. Foram testados dois tipos de tratamentos com tréplicas para cada: em um tratamento os alevinos foram alimentados no perí­odo da manhã às 9 horas e no outro tratamento no perí­odo da tarde, às 16 horas. Foi utilizado ração do tipo comercial extrusada com 32% de proteí­na bruta. A quantidade de ração fornecida inicialmente foi de 8% do peso médio e após 15 dias reduzida para 5%. Os resultados obtidos apontaram diferenças de rendimento no crescimento dos alevinos entre os tratamentos. Contrariando as expectativas demonstradas na literatura, o grupo alimentado pela manhã teve melhores indicadores de ganho de peso diário, ganho de peso relativo e conversão alimentar aparente, porém não foi uma diferença significativa</span> 2022-04-18T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 LUMINÁRIA https://periodicos.unespar.edu.br/index.php/luminaria/article/view/4529 Perfil epidemiológico dos acidentes ofí­dicos na cidade de Ituiutaba, Minas Gerais, Brasil (2007-2021) 2022-04-23T08:09:09-03:00 Edigar Henrique Vaz Dias edigar.dias@uemg.br Giulia Marla de Lima Costa giulia.1501338@discente.uemg.br Carla Cristine Neves Mamede ccnmamede@gmail.com Júnia de Oliveira Costa juniacosta@iftm.edu.br <p>As pesquisas epidemiológicas sobre os acidentes ofí­dicos são importantes para a Saúde Pública. Devido à carência de estudos sobre o ofidismo no municí­pio de Ituiutaba, Estado de Minas Gerais- Brasil, o presente trabalho descreve as caracterí­sticas epidemiológicas dos acidentes ofí­dicos notificados no municí­pio no perí­odo de 2007 a 2021. As informações foram obtidas do banco de dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN). De acordo com nosso estudo, foram registrados 244 casos de acidentes por serpentes peçonhentas na cidade de Ituiutaba no perí­odo analisado, sendo 82% deles ocasionados pelo gênero <em>Bothrops,</em> seguido de <em>Crotalus</em> (16%) e <em>Micrurus </em>(2%). Quanto a gravidade, foram notificados 115 (47,1%) e 107 (44%) casos de acidentes ofí­dicos classificados como leves e moderados, respectivamente, com 232 (99%) casos evoluí­dos para cura e uma taxa de letalidade de 1,0%. Ainda, os dados sobre o intervalo de tempo entre o acidente e atendimento médico mostraram que 208 casos (85,5%) tiveram o atendimento médico nas primeiras três horas após a picada. O presente trabalho é um precursor na caracterização do perfil epidemiológico dos acidentes ofí­dicos no municí­pio de Ituiutaba-MG e apresenta dados importantes que podem fomentar ações de vigilância em saúde e de orientação dos profissionais de saúde da região, possibilitar ações educativas para a população em geral e contribuir para a distribuição racional dos soros antiofí­dicos no municí­pio.</p> 2022-05-16T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022