Adaptações do método tripartida para cidades pequenas: um estudo em Estação/Rs - Brasil

Autores

  • Everton Hernani Santos
  • Juçara Spinelli

Palavras-chave:

Morfologia urbana, Paisagem, Espaço Urbano

Resumo

O método tripartida teve origem na escola inglesa de Morfologia Urbana e foi proposto por Michael Conzen para analisar a paisagem urbana de cidades europeias. Utilizar esse método em cidades brasileiras, em especial, cidades pequenas, exige um esforço de adaptação, pois elas apresentam um tecido urbano ainda em formação. Nesse contexto, o presente artigo objetiva apresentar o método e como pode ser adaptado aos estudos em cidades pequenas; demonstrar sua aplicação em um recorte espacial, a cidade de Estação/RS (Brasil) e, evidenciar seus períodos morfológicos e as consequentes marcas históricos na morfologia da cidade. A metodologia da pesquisa teve por base o levantamento da literatura acerca da morfologia urbana e a compilação de dados de base secundária (IBGE, 2010), além de levantamentos fotográficos e entrevistas realizadas in loco, cuja natureza das informações e análises foi a qualitativa. Os resultados permitiram identificar os períodos, os agentes produtores em cada etapa de formação da cidade, as características morfológicas e a evolução temporal da paisagem da cidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-06-10