Cidades de pequeno porte: uma aproximação conceitual e comparativa da região metropolitana de Londrina/PR a partir das Regiões de Influência das Cidades (REGIC)

Autores

  • Thiago Henrique de Abreu Santana
  • Matheus Oliveira Martins da Silva
  • Edilson Luis Oliveira

Palavras-chave:

Cidades de pequeno porte, Geografia Urbana, REGIC

Resumo

Os debates acerca das cidades de pequeno porte têm se tornado mais presentes nos últimos anos com um maior número de publicações por parte dos especialistas da área que incentivam terceiros a notarem a relevâncias dessas no cenário geográfico brasileiro. Por mais que se produza muito sobre o tema em voga, existem muitas discussões a serem exploradas. Nesse sentido, o presente trabalho tem como objetivo abordar a discussão conceitual para se diferenciar as cidades pequenas das cidades locais com o auxílio da pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que consiste nas Regiões de Influência das Cidades (REGIC) e a partir disso, compreender o índice de atração da Região de Metropolitana de Londrina a partir das variáveis “compras” e “saúde”. Dessa forma, foi possível compreender que para que se considere uma cidade que tenha padrões de cidade pequena, é levado em consideração que ela possua não somente índice de atração relevante em uma só temática, mas sim, em ambas elas, tanto da área da saúde, quanto área relacionada a compras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-06-10