A Epistemologia do Não, também nos dias de hoje

Paola Mayer Fabres

Resumo


O presente artigo traz como pauta uma discussão sobre a exposição "Um firme e vibrante NÃO", organizada pela Galeria Ecarta na cidade de Porto Alegre, em 2014, de forma a analisar a retórica política que permeia pelos trabalhos exibidos, contemplando desde obras históricas das décadas de 1970, até poéticas de contestação atuais. A partir da exposição, é possível estabelecer uma reflexão sobre uma parcela da produção alternativa conceitual no brasil, apresentada, principalmente, sob a forma de impressos de artistas, e a relação dialética dessa produção com as problemáticas tratadas pelos jovens artistas da contemporaneidade. 


Palavras-chave


Artes Visuais, Exposição "Um firme e vibrante NÃO"; Arte Conceitual; Arte política.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



R. Sensorium, Curitiba, PR, Brasil, eISSN 2358-0437

Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

 

 

DOAJ - DIADORIM - LATINDEX - INFOBASE INDEX - MIAR

Locations of visitors to this page