04. Transições e expansões da arte no meio digital: Novas reinterpretações além do tempo do artista

David Ruiz Torres

Resumo


As mediações tecnológicas realizadas na mostra “O encantado” desenhos, pinturas e objetos de Attilio Colnago (2014) na cidade de Vitória (ES-Brasil), possibilitaram a abordagem do processo criativo do artista evidenciando o papel comunicativo da arte no meio digital. 

Considerando-se as possibilidades dos novos recursos tecnológicos oferecidos na sociedade atual, as construções interativas dentro dos espaços de exposição constituem atualmente o melhor veículo para transmitir uma mensagem de grande força expressiva, como é o caso do processo criativo do artista.

Assim, os conteúdos digitais, disponibilizados mediante QR-codes na sala de exposição durante este ensaio, possibilitaram uma abordagem do processo criativo do artista e o desenvolvimento de um diálogo entre a obra e o público além do tempo do artista ou da recepção da obra no espaço expositivo.

Estabelecia-se, portanto, uma nova dimensão da obra do artista, na qual se multiplicava exponencialmente a mensagem intrínseca e comunicadora da arte mediante o uso das redes digitais que levavam o público para além da fisicalidade da galeria.

Palavras-chave


arte; meio digital; QR-codes; processo criativo

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista Interdisciplinar Internacional de Artes Visuais - Art&Sensorium

R. Sensorium, Curitiba, PR, Brasil, eISSN 2358-0437

Licença Creative Commons
Esta obra foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

INDEXAÇÕES:

DOAJ

MIAR

LATINDEX

DIADORIM

DOI