A Permanência na relação entre arte e ciência

Adriana Bittencourt

Resumo


As proposições apresentadas nesse artigo servem para
problematizar possíveis relações entre arte e ciência. Para tal, elege-se a permanência como uma condição indispensável para que sistemas e ambientes consigam se comunicar. A permanência se apresenta como necessidade de todos os fenômenos da natureza. Sendo assim, não está
obrigada a implementar fórmulas para que sistemas venham a continuar. Na perspectiva de um jogo entre o que se mantém e o que se descarta, e na percepção de que a permanência exige transformação ao longo do tempo, é que se entende que as relações entre arte e ciência produzem novas emergências que se auto-organizam no processo como novas estruturas de
conhecimento.

Palavras-chave: Permanência. Relação. Arte. Ciência. Dança. Sistemas.


Texto completo:

VISUALIZAR PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Contato

Revista Científica / FAP

Rua dos Funcionários 1357 – Cabral

Curitiba - PR - 41 3250-7339 - 41 3250-7301

revistadeartes.fap@unespar.edu.br