POTÊNCIAS HÍBRIDAS: UMA ANÁLISE DA CULTURA POP SUL COREANA COMO ARTE EM CAMPO AMPLIADO NA INDÚSTRIA CULTURAL

Guilherme Henrique Bernardi Martins, Juliana Maria Greca

Resumo


Este trabalho traz a pesquisa que acompanhou a monografia apresentada ao curso de Especialização em Artes Híbridas da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (2017) e tem o intuito de levantar uma discussão sobre as possibilidades de hibridismos da arte inserida em contextos comercias de cultura de massas. Dá-se a partir da análise do contexto da cultura pop sul coreana através dos conceitos de indústria cultural e cultura de massas de Adorno e Horkheimer, arte em campo ampliado de Rosalind Krauss relacionado à hibridização artística e cultural, como também aborda o panorama histórico da cultura pop sul coreana. Perpassa sobre o que é a cultura pop sul coreana, sua trajetória, seguido de contextualizações das concepções criadas pelos autores supracitados. A pesquisa propõe reflexões acerca das possibilidades de estudos sobre a trajetória cultural da Coréia do Sul, tecendo imbricações com a produção artística no contexto contemporâneo.


Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, Theodor W.; HORKHEIMER, Max. Dialética do Esclarecimento. Rio de Janeiro: Zahar, 1985.

BHABHA, Homi K.. O Local da Cultura. Belo Horizonte: Editora UFMG, 1998.

BENJAMIN, Jeff. K-Pop Concerts Continue to Grow Outside Asia: Exclusive Infographic. 2016. Disponível em: . Acesso em: 29 de jun. 2018.

CAMBRIDGE Advanced Learner's Dictionary & Thesaurus. Cambridge: Cambridge University Press, 2017.

HALL, Suart. Notas sobre a desconstrução do "popular". In: SOVIK, Liv (Org.). Da Diáspora. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2003. p. 247-264.

HUAT, Chua Beng. Korean Pop Culture. Malaysian Journal Of Media Studies, Malasia, v. 12, n. 1, p.15-24, 2010.

KRAUSS, Rosalind. A escultura no campo ampliado. In: ARTE & Ensaios. 17. ed. Rio de Janeiro: EBA, UFRJ, 2008. p. 128-137.

LOUPPE, Laurence. Corpos híbridos. Tradução de Gustavo Ciríaco. In: ANTUNES, Arnaldo. Lições de Dança, 2. Rio de Janeiro: UniverCidade, 2000. p. 27-40.

MATTELART, Armand. Diversidade cultural e mundialização. Tradução Marcos Marcionilo. - São Paulo: Parábola, 2005.

SHIM, Doobo. Hybridity and the rise of Korean popular culture in Asia. Media, Culture & Society, Singapura, v. 28, n. 1, p.25-44, jan. 2006. SAGE Publications.

SHIM, Doobo. Waxing the Korean Wave. Ari Working Paper, Singapura, n. 158, jun. 2011. Http://www.nus.ari.edu.sg/pub/wps.htm.

VIDEODANÇA. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2017. Disponível em: . Acesso em: 29 de jun. 2017. Verbete da Enciclopédia.

ISBN: 978-85-7979-060-7

VIEIRA, Jorge Albuquerque. Organização e Sistemas. Informática na Educação: teoria & prática, Porto Alegre, v. 3, n. 1, p.11-24, set. 2000.

ZONNO, Fabiola do Valle; MELLO, Cecilia Martins de. Arquitetura entre Escultura: Uma reflexão sobre a dimensão artística da Paisagem contemporânea. 2006. 156 f. Dissertação (Mestrado) - Departamento de História, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2006.

ZONNO, Fabiola do Valle. Campo Ampliado: Desafios à reflexão Contemporânea. IV Encontro de História da Arte – IFHC / Unicamp, Campinas, p.1206-1216, 2008.

Idol Groups Debuted in the Last 9 Years?! How Many Can You Name? 2013. Disponível em: . Acesso em: 29 de jun. 2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Contato

Revista Científica / FAP

Rua dos Funcionários 1357 – Cabral

Curitiba - PR - 41 3250-7339 - 41 3250-7301

revista.mosaico@unespar.edu.br