ANÁLISE E AVALIAÇÃO DO CURTIMENTO ARTESANAL DA PELE DE TILÁPIA DO NILO (Oreochromis niloticus) E RENDIMENTO AO LONGO DAS DIFERENTES FASES DO PROCESSO

Júlcio Rosa, Rogério Antonio Krupek

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo fazer uma análise do rendimento em quilogramas da pele de tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) relacionado com o peso total do pescado, bem como uma análise dos níveis de pH e da absorção de líquidos dentro de todas as fases do processo de curtimento artesanal. Todo o processo de curtimento seguiu conforme procedimentos metodológicos já empregados em trabalhos de curtimento artesanal. O estudo detalhado das diferentes técnicas visou também formar um banco de dados de todo o processo de transformação da pele em couro para uma possível utilização e difusão entre os piscicultores da região de Porto União-SC e União da Vitória-PR. O experimento foi realizado a partir da extração da pele de dez tilápias, das quais renderam 312 gramas de pele bruta, e o processo de curtimento foi realizado em um laboratório experimental com os equipamentos necessários. O pH variou amplamente ao longo do período de curtimento. A variação no peso das peles no final de cada etapa também oscilou devido às diferenças na retenção de água em cada processo. Os resultados mostraram que o curtimento artesanal tem grandes possibilidades de ser utilizado nesta região do Paraná e Santa Catarina, pois o couro resultante aparenta ter boa qualidade e pode ser usado como matéria-prima para vários produtos. Além disso, os componentes curtentes utilizados no processo são de fácil obtenção e necessários em quantidades muito pequenas, proporcionando um excelente custo benefício podendo agregar trabalho e renda deste subproduto da piscicultura.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.