Construção e Disseminação de Hortas Orgânicas Sustentáveis

Franciele Zanardo Bohm, Paulo Alfredo Feitoza Bohm, Débora Larissa de Oliveira, Wingly dos Santos Beltrame, Dieison André Mói, Caroline Oenning de Oliveira

Resumo


Resumo: O cultivo de alimentos orgânicos é uma técnica bastante conhecida, mas este sistema de produção ainda é pouco utilizado. Este fato ocorre porque o método de cultivo orgânico exige mais cuidados, no que se refere à preparação do solo, eliminação ou controle de insetos e plantas indesejáveis. A construção e disseminação de hortas orgânicas sustentáveis na região de Paranavaí é uma ação muito importante, pois na horta didática modelo construída no campus da Unespar de Paranavaí, conseguiu-se dominar as quatro dimensões de uma horta orgânica sustentável: Produção de substrato por compostagem com índice de germinação superior aos outros substratos comerciais testados. Produção orgânica e seleção das melhores mudas de hortaliças. Produção orgânica de forma alternada de hortaliças, observando as diferentes estações do ano e evitando os períodos de reprodução de determinadas espécies de insetos nocivos, existentes em nossa região. Produção de sementes isenta de tratamento químico. Este trabalho proporcionou a visita de pequenos produtores rurais, escolas e a comunidade para disseminar a metodologia do sistema orgânico de produção de hortaliças. As análises realizadas em laboratório foram o elo entre a pesquisa e a extensão, para responder de forma científica questões sobre tipos de compostagem, germinação de sementes e desenvolvimento das plântulas. Estes dados podem ser visualizados de forma simples, didática e ao mesmo tempo científica, com o poder de convencer os visitantes de que é possível ter um cultivo orgânico sustentável e lucrativo em suas propriedades. No momento das visitas foram esclarecidas dúvidas sobre segurança alimentar, com o objetivo de  diferenciar os modos de produção orgânica e convencional. Este trabalho contribuiu com a qualidade nutricional de todos os envolvidos e foi um elo entre a comunidade e a universidade.

 

Palavras-chave: segurança alimentar, sustentabilidade, hortaliças.


Texto completo:

PDF

Referências


ARAÚJO, A. S. O planejamento urbano e ambiental na construção de cidades sustentáveis: as hortas urbanas comunitárias em Porto, Portugal, e Belo Horizonte, Brasil. URBANA: Revista Eletrônica do Centro Interdisciplinar de Estudos sobre a Cidade, v. 8, n. 2 [13], p. 190-209, 2016.

BRUNES, A. P., DIAS, L. W., MARTINS, A. B. N., TAVARES, L. C., AGOSTINETTO, D., & VILLELA, F. A. . Efeito alelopático de extratos de folhas de arroz sobre diferentes espécies de invasoras. Interciencia, v. 41, n. 12, p. 826, 2016.

DUCCA, F., & DA COSTA ZONETTI, P. Efeito alelopático do extrato aquoso de aveia preta (Avena strigosa Schreb.) na germinação e desenvolvimento de soja (Glycine max L. Merril). Revista em Agronegócio e Meio Ambiente, 1(1),p. 101-110. 2007.

DA SILVA, S. D. P., CARVALHO NETO, M. F., BARROSO, K. A., FREITAS, H. R., & GONÇALVES-GERVÁSIO, R. D. C. R. Dinâmica Socioprodutiva dos Agroecossistemas da Horta Urbana Comunitária do Grupo Hortovale, Petrolina-PE. Cadernos de Agroecologia, v. 10, n. 3, 2016.

DE MELO, J. F. O. Transformação das sementes em mercadorias: uma abordagem a partir da ecologia política. Cadernos de Agroecologia, v. 10, n. 3, 2016.

DIAMOND, J. Colapso. Rio de Janeiro: Record, 2006. 685p.

FERREIRA, A.G.; ÁQUILA, M.E.A. Alelopatia: uma área emergente da ecofisiologia. Revista Brasileira de Fisiologia Vegetal, v.12, p. 175-204, 2000. Edição especial.

FERREIRA, A.G. & BORGHETTI, F. Germinação: do básico ao aplicado. Porto Alegre: Artmed, 2004. 323p.

KIEHL, E. J. Manual de Compostagem: maturação e qualidade do composto. Piracicaba: Esalg, s.n., 2004.

PANAZZOLO, M. R.; SOSO, L., SILVA-RIBEIRO, R. T., PANSERA, M. R., DIEL-RUPP, L. C., VENTURIN, L., & CAMATTI-SARTORI, Avaliação de diferentes processos de compostagem como alternativa aos fertilizantes químicos para a agricultura familiar e seu efeito na produção de Lycopersicum sculentum. Cadernos de Agroecologia, v. 8, n. 2, 2013.

SILVA F; AQUILA M.E.A. Contribuição ao estudo do potencial alelopático de espécies nativas. Revista Árvore. 30: 547-555, 2006.

URZUA, L. M. B.; DE SOUZA, P. B.; SCHEIDT, G. N. Myracrodruon urundeuva Allemão (aroeira-do-sertão) recomendações silviculturais para técnicos e produtores rurais. Recursos Rurais, p. 5, 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.