Arte como convenção institucional

Marlon José Alves dos Anjos

Resumo


O presente trabalho, através da teoria Instituição Arte avançada pelo filosofo George Dickie 1926, aborda um tema que constitui uma lacuna, ou se preferir, parte faltante na discussão sobre obras de arte ao longo da sua história: a questão da falsificação e o mundo da arte. Os sistemas de eleição dos artefatos artísticos, revisitando paradigmas artísticos, trazendo à luz a validação enquanto obra de arte em si mesma, o valor ou o menor valor do objeto e todo o longo discurso reflexivo que se forma sobre esse assunto são imprescindíveis a um mundo em transformação.

Texto completo:

VISUALIZAR PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Governo do Estado do Paraná
Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior
InCantare: R. Pesq. Musicoterapia, Curitiba, Faculdade de Artes do Paraná, ISSN 2317-417X