Educação Ambiental e Meio Ambiente: noções de professores do Ensino Fundamental

Bettina Heerdt, Rodrigo de Assis Motta

Resumo


Conhecer as noções dos professores a respeito do Meio Ambiente (MA) e Educação Ambiental (EA) é fundamental para a compreensão da relação entre essas noções e suas práticas pedagógicas, bem como para se elaborar processos formativos em EA de modo adequado. O presente estudo teve como objetivo analisar como os professores do Ensino Fundamental compreendem a prática da EA na escola, bem como suas noções de MA e dos problemas ambientais. A metodologia desta pesquisa é qualitativa, sendo que para a coleta de dados foi aplicado um questionário aberto, as respostas foram unitarizadas utilizando a análise de conteúdo temática categorial. A maioria dos professores apresenta uma noção generalista de meio ambiente (47,3%) o que representa uma forma muito ampla, vaga e abstrata de definição. Em relação à EA nas escolas os professores descrevem ações pedagógicas que incentivam a ação e a reflexão. Quanto aos problemas ambientais locais, os professores descrevem com maior frequência os problemas relacionados aos resíduos sólidos e a poluição hídrica.

Palavras-chave


questões socioambientais, percepção de professores, formação continuada

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, J. P. Formação docente para a promoção da educação ambiental: o caso de uma Escola Estadual em Maceió (AL). Revista Brasileira de Educação Ambiental (RevBEA). Brasília, V. 8, n. 1, p. 114-129, 2013.

AMARAL, I. A. do. Programas e ações de formação docente em educação ambiental. In: TAGLIEBER, J. E.; GUERRA, A. F. S. (Orgs.). Pesquisa em educação ambiental: pensamentos e reflexões de pesquisadores em educação ambiental. Pelotas: Ed. e Gráf. Universitária, 2005. p. 145-167.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: 70. ed. 2004, p. 233.

BOGDAN, Robert; BIKLEN, Sari. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Portugal: Porto, 1994.

BORTOLOZZI, A.; PEREZ FILHO, A. Diagnóstico da educação ambiental no ensino de geografia. Revista Cadernos de Pesquisa. São Paulo, n. 109, p. 145-171, 2000.

BRASIL, Ministério da Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN): Ciências Naturais. Brasília: MEC / SEF, 1998. 138 p.

________. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade. Diretoria de Educação Integral, Direitos Humanos e cidadania. Coordenação Geral de Educação Ambiental. Proposta de Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Ambiental. Brasília, 2012.Disponível em: .Acesso em: 24 junho. 2016.

BRÜGGER, Paula. Educação ou adestramento ambiental? 2ª edição. Florianópolis (SC): Letras contemporâneas, 1999.

CARVALHO, I. C. de M. Educação ambiental: a formação do sujeito ecológico. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2006.

CHAVES, A. L.; FARIAS, M. E. Meio Ambiente, Escola e a formação dos professores. Ciência & Educação. Bauru, v. 11, n. 1, p. 63-71, 2005.

CUBA, M. A. Educação Ambiental nas escolas. ECCOM - Revista de Educação, Cultura e Comunicação. Lorena, v. 1, n. 2, p. 23-31, 2010.

DIAS, G. F. Educação Ambiental: Princípios e Práticas. São Paulo: Gaia Ltda., 2004, p. 551.

GUERRA, R. A. T.; ABÍLIO, F. J. P. Meio Ambiente e Educação Ambiental: formação continuada de professores de Ensino Fundamental do Município de Pitimbu - PB. In: Congresso Internacional de Formação Continuada e Profissionalização Docente, 2005, João Pessoa. Anais... João Pessoa: UFPB, 2005.

GUIMARÃES, M. Educação ambiental: participação para além dos muros da escola. In: MELLO, S. S.; TRAJBER, R. (Coord.) Vamos cuidar do Brasil: conceitos e práticas em educação ambiental na escola. Brasília: Ministério da Educação, Coordenação Geral de Educação Ambiental: Ministério do Meio Ambiente, Departamento de Educação Ambiental: UNESCO, p. 86-94, 2007.

__________. A dimensão ambiental na educação. 7. ed. Campinas: Papirus, 2005.

LEFF, E. A complexidade ambiental. São Paulo: Cortez Editora, 2003

LEFF, E. Epistemologia Ambiental. São Paulo: Cortez Editora, 2006.

LIMA, A. M.; OLIVEIRA, H. T. A (re) construção dos conceitos de natureza, meio ambiente e educação ambiental por professores de duas escolas públicas. Ciência & Educação. Bauru, v. 17, n. 2, p. 321-337, 2011.

LOUREIRO, C. F. B. Educar, participar e transformar em educação ambiental. Revista brasileira de educação ambiental. Brasília: Rede Brasileira de Educação Ambiental, n. 0, p.13-20, 2004.

LÜDKE, M.; ANDRÉ, M. E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. 10º Edição. São Paulo: EPU, 1986, p. 99.

MANZANO, M. Anastácia; DINIZ, R. E. S. A temática ambiental nas séries iniciais do ensino fundamental: conversando com as professoras sobre as atividades realizadas. In: Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 4, 2003, Bauru. Anais... Bauru: USP, 2003.

MARTINHO, L. R.; TALAMONI, J. L. B. Representações sobre meio ambiente de alunos da quarta série do Ensino Fundamental. Ciência & Educação, v. 13, n. 1, p. 1-13, 2007.

MEDINA, N. M. A formação dos professores em Educação Fundamental. In: Secretaria de Educação Fundamental (Org.). Panorama da Educação Ambiental no Ensino Fundamental. Brasília: MEC; SEF, 2001, p. 17-24.

MEYER, M. Reflexões sobre o panorama da Educação Ambiental no ensino formal. In: Secretaria de Educação Fundamental (Org.). Panorama da Educação Ambiental no Ensino Fundamental. Brasília: MEC; SEF, p. 33-38, 2001.

MORAES, F. A. As concepções de meio ambiente e natureza: implicações nas práticas de educação ambiental de professores da rede estadual de ensino no município de Aparecida de Goiânia (GO). 2009. 107 f. Dissertação (Mestrado em Educação em Ciências e Matemática) – Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2009.

MORAES, K. F.; CRUZ, M. R. O ensino da educação ambiental. Revista Eletrônica Direito e Política. Itajaí, v.10, n.2, 2015

MORALES, A. G. A formação do profissional Educador Ambiental: Reflexões, possibilidades e constatações. Ponta Grossa: Ed. UEPG, 2009, p. 203.

MORIN, E. Os sete saberes necessários à educação do futuro. 3 ed. São Paulo: Cortez; Brasília, DF: UNESCO, 2011.

NETO, A. L. G. C.; AMARAL, E. M. R. Análise de concepções e visões de professores de ciências sobre educação ambiental. Pesquisa em Educação Ambiental. vol. 6, n. 2, pp. 119-136, 2011.

REIGOTA, M. O que é Educação Ambiental. São Paulo: Brasiliense, 2006, p. 62.

RODRIGUES, I. O. F.; A. A., FREIXO. Representações e práticas de educação ambiental em uma escola pública do município de Feira de Santana (BA): subsídios para a ambientalização do currículo escolar. Revista Brasileira de Educação Ambiental (RevBEA). Cuiabá, nº 04, p. 99-106, 2009.

SILVA, L.F.; CARVALHO, L.M. A temática ambiental e o processo educativo: o ensino de física a partir de temas controversos. In: Ciência & Ensino, vol.1, n.especial, nov., 2007.

SOARES, L.G.D.C.; SALGUEIRO, A.A.; GAZINEU, M.H.P. Educação ambiental aplicada aos resíduos sólidos na cidade de Olinda, Pernambuco – Um estudo de caso. Revista Ciências & Tecnologia. Piracicaba, v. 1, n. 1, 2007.

TIRELLI, I. C. S. A percepção da prática da educação ambiental nas escolas públicas regulares vinculadas à Diretoria de Ensino da região de Guaratinguetá – SP: um estudo de caso. Revista ECCOM, v. 1, n.1, p.47-55, 2010.

TOZONI-REIS, Marília Freitas de Campos. Temas ambientais como “temas geradores”: contribuições para uma metodologia educativa ambiental crítica, transformadora e emancipatória. Educar. Curitiba, n. 27, p. 93 -110, jan./jun. 2006.

TRAJBER, R.; MENDONÇA, P. R. (Orgs). Educação na diversidade: o que fazem as escolas que dizem que fazem educação ambiental. Brasília: Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade, 2006. (Coleção Educação para Todos, Série Avaliação; n. 6, v. 23).

WOLLMANN, E. M. et al. As percepções de Educação Ambiental e Meio ambiente de professoras das séries finais e a influência destas em suas práticas docentes. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências vol. 15, n. 2, pp. 387 – 405, 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.