História e ensino: a Revolução Russa através de imagens

Daniel Precioso, Vilmar Antonio Bohnert

Resumo


Esse estudo pretende apontar caminhos para o emprego da imagem no ensino de História. Longe de esgotar o tema, aspira somente retratar algumas experiências de docência vivenciadas por graduandos bolsistas do PIBID. Procura-se demonstrar que as imagens “de época” ou produzidas a posteriori, se não forem empregadas apenas de modo ilustrativo, constituem valiosos recursos didáticos à disposição do professor de História.

Palavras-chave


recursos didáticos, iniciação à docência, ensino de História

Texto completo:

PDF

Referências


BITTENCOURT, Circe. Livros didáticos entre imagens e textos. In: ______ (org.). O saber historiográfico na sala de aula. São Paulo: Contexto, 2004, pp. 69-90.

CHARTIER, Roger. A História Cultural: entre práticas e representações. (trad.). Lisboa: DIFEL, 2002.

HOSBAWN, Eric. A Era dos Extremos. O breve século XX (trad.). São Paulo: Companhia das Letras, 1911.

LUXEMBURGO, Rosa. A Revolução Russa (trad.). Petrópolis, RJ: Vozes, 1991.

NEIVA, Eduardo, et. al. Imagem. História e Semiótica. In: Anais do Museu Paulista. História e cultura material. Debate. São Paulo: Museu Paulista da USP, 1993 [Debate, nova série 1].

PANOFSKY, Erwin. Significado nas artes visuais (trad.). São Paulo: Editora Perspectiva, 1979.

SALIBA, Elias Thomé. Experiências e representações sociais: reflexões sobre o uso e o consumo das imagens. In: BITTENCOURT, Circe (org.). O saber historiográfico na sala de aula. São Paulo: Contexto, 2004, pp. 117-127.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.