A CONTRIBUIÇÃO DA LOUSA DIGITAL E DA SIMULAÇÃO NO ENSINO DE CIÊNCIAS: UMA ABORDAGEM QUALITATIVA

Fernando Temporini Frederico, Dulcineia Ester Pagani Gianotto

Resumo


Este trabalho apresenta parte dos resultados de uma pesquisa de doutorado que objetivou verificar as contribuições das imagens para o Ensino de Ciências, de forma a contextualizar e fazer a relação disciplinar de física com outras áreas do conhecimento. Para a exibição de tais imagens, foi necessário a utilização de Tecnologias de Informação e Comunicação disponíveis na escola pública do estado do Paraná - Brasil, tais como o computador e a lousa digital. Para isso, buscou-se por meio de uma sequência didática promover a discussão de conceitos físicos de forma a identificá-los em nosso cotidiano, assim como também, de relacioná-los com outras disciplinas.  Deste modo, por meio de uma investigação de natureza qualitativa e de cunho interpretativo verificou-se que a contextualização contribuiu para que os alunos conseguissem identificar tais conceitos com fenômenos e situações presentes em seu dia a dia, tornando-os mais significativos e que os aparatos tecnológicos utilizados se configuram como recursos capazes de contribuir potencialmente para os processos que envolvem o ensino e a aprendizagem.


Texto completo:

PDF

Referências


AZZATO, M , ILLERA, J. L. R. Relación entre la estructuración multimídia de los mensajes instructivos y la comprensión de libros electrônicos. Madrid: Argos, 2006.

BORGES, F. .Física do cotidiano. Curitiba: Editora Blanche, 2014.

CARVALHO, R. P. C. Física do dia a dia: 105 perguntas e respostas sobre física fora da sala de aula. Vol 1. Belo Horizonte: Autêntica, 2012.

COLL, C., MAURI, T., ONRUBIA, J. A incorporação das tecnologias de informação e da comunicação na educação: do projeto técnico-pedagógico às práticas de uso In: COLL, C., MONEREO, C. e cols. Psicologia da educação virtual: aprender e ensinar com as tecnologias da informação e da comunicação. Porto Alegre: Artmed. 2010.

FAZENDA, I. C. A. A aquisição de uma formação interdisciplinar de professores In: Fazenda, I. C. A. (org). Didática e interdisciplinaridade. Campinas: Papirus, 1998.

FAZENDA, I. C. A. Integração e Interdisciplinaridade no Ensino Brasileiro: Efetividade ou Ideologia. São Paulo: Loyola, 2002.

FREDERICO, F. T. Contribuições de recursos da informática nos processos de ensino e aprendizagem: utilização de softwares livres para potencializar e dinamizar o Ensino de Ciências. 143 fls. Dissertação (Mestrado em Educação para a Ciência e a Matemática) – Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2013.

FREDERICO, F. T. GIANOTTO, D. E. P. Metodologia do Ensino de Ciências: contribuição da utilização de histórias em quadrinhos para ensinar física. Nupem, v. 4, p. 199-215, 2012.

FONSECA, V. Cognição, neuropsicologia e aprendizagem: abordagem neuropsicológica e psicopedagógica. Petrópolis: Vozes, 2013.

ILLERA, J. L. R. Os conteúdos em ambientes virtuais: organização, códigos e formatos de representação. In: Coll, C., Monereo, C. e cols. Psicologia da educação virtual: aprender e ensinar com as tecnologias da informação e da comunicação. Porto Alegre: Artmed, 2010.

LUCK, H. Pedagogia interdisciplinar: fundamentos teórico-metodológicos. Petrópolis: Vozes, 1994.

MAYER, R. Multimedia Learning. New York: Cambridge University Press, 2001.

PAIVIO, A. Mind and its evolution: A dual coding Theoretical approach. New York: Psychology Press, 2014.

POMBO, O. Interdisciplinaridade: ambições e limites. Lisboa: Relogio D’Água, 2004.

SADOSKI, M., PAIVIO, A. Imagery and text: A dual coding theory of Reading and writing. New Jersey: Lawrence Erlbaum Associates, 2001.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.