Imagens do feminino: uma análise sob a perspectiva da história das mulheres e do livro didático como história pública

Daiane Dala Zen

Resumo


O objetivo é analisar a representação do feminino em fotografias selecionadas a partir de livros didáticos de história, que abordem o tema da história da primeira metade do século XX. A metodologia tem como base a leitura de imagens proposta por Barbosa (2006), na perspectiva da história cultural e nas contribuições de Scott (1994), Burke (2004) e Chartier (2014). A pesquisa fundamenta-se em apontamentos teóricos sobre o livro didático, as imagens selecionadas, as questões de gênero e a história das mulheres. Os resultados apontam para a importância da exploração das imagens por professores/as e estudantes, conduzindo a reflexões sobre a mulher e sua história. Conclui também que essas fotografias, revelam a presença das mulheres na história, mas evidenciando sua fragilidade, passividade e submissão, ao lado ou atrás de um homem.


Palavras-chave


imagens do feminino, livro didático, ensino de história.

Texto completo:

154-173

Referências


BARBOSA, C. A. S. A fotografia a serviço de Clio: uma interpretação da história visual da Revolução Mexicana (1990-1940). São Paulo, SP: Unesp, 2006.

BOURDIEU, P. A dominação masculina. 11. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2012.

BUENO, J. B. G. Imagens visuais nos livros didáticos: permanências e rupturas nas propostas de leitura (Brasil, décadas de 1970 a 2000). Tese de Doutorado, Educação, Universidade Estadual de Campinas, 2011.

BURKE, P. Testemunha ocular: história e imagem. Bauru, SP: Edusc, 2004.

CABRINI, C.; CATELLI JUNIOR, R.; MONTELLATO, A. História Temática – 9º ano – o mundo dos cidadãos. São Paulo: Scipione, 2010.

CABRINI, C; CATELLI JUNIOR, R.; MONTELLATO, A. História Temática – 8º ano – terra e propriedade. São Paulo: Scipione, 2010.

CHARTIER, R. A mão do autor e a mente do editor. São Paulo: Unesp, 2014.

ESTACHESKI, D. T. História das mulheres: entre a historiografia e livros didáticos. In: SIMPÓSIO ELETRÔNICO INTERNACIONAL DE ENSINO DA HISTÓRIA, 2. 2016

[http://simpohis2016.blogspot.com.br/p/dulceli-tonet.html – acesso em 20 nov. 2020].

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 41. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2010.

INSAURRIAGA, M. M.; JARDIM, R. B. Entre textos e imagens: ensino de história uma abordagem generificada dos livros didáticos dos anos noventa e dois mil do acervo do LEH/UFPEL. Aedos, UFRGS, 2015, pp. 112-130.

LUCHESE, T. Â. Memórias e acervos familiares no ensino de história da Educação. In: ANPED SUL, n.11, 2016

[http://www.anpedsul2016.ufpr.br/portal/wp-content/uploads/2015/11/Eixo-1_TERCIANE-%C3%82NGELA-LUCHESE.pdf – acesso em 21 dez.2020].

MÉNDEZ, N. P. Gênero e história das mulheres na escrita escolar. In: MAIOR, P. S.; LEITE, J. L. (org.). Flexões de gênero: história, sensibilidades e narrativas. Jundiaí, SP: Paco, 2017. pp. 193-211.

MENESES, U. T. B. História e imagem: iconografia/iconologia e além. In: CARDOSO, C. F.; VAINFAS, R. Novos domínios da História. Rio de Janeiro: Elseivier, 2012. p. 43-261.

MUNAKATA, K. O livro didático e o professor: entre a ortodoxia e a apropriação. In: MONTEIRO, A. M.; GASPARELLO, A. M.; MAGALHÃES (org.). Ensino da história: sujeitos, saberes e práticas. Rio de Janeiro: 2007. p. 137-145.

PELEGRINI, M. C.; DIAS, A. M.; GRINBERG, K. Vontade de saber história – 9º ano. São Paulo: FTD, 2012.

PELEGRINI, M. C.; DIAS, A. Machado; GRINBERG, K. Vontade de saber história– 9º ano. São Paulo: FTD, 2012.

PERROT, M. Mulheres públicas. São Paulo: Fundação Editora da Unesp, 1997.

PERROT, M. Os silêncios do corpo da mulher. In: MATOS, M. S.; SOIHET, R. (org.). O corpo feminino em debate. São Paulo: Ed. da Unesp, 2003.

RAMOS, A. F.; PATRIOTA, R.; PESAVENTO, S. J. Imagens na história. São Paulo: Hucitec, 2008.

SATURNINO, E. L. Imagem, memória e educação: um estudo sobre os modos de ver e lembrar. Dissertação de Mestrado, Educação, UFRGS 2005.

SCHMIDT, M. F. Nova história crítica: ensino fundamental – 8ª série. São Paulo: Nova Geração, 2004.

SOARES, E. M. S.; LUCHESE, T. A. A sala de aula no presente-passado: dois olhares, uma reflexão. Revista Intersaberes, 2015. [Https://revistas.uninter.com/intersaberes/index.php/revista/article/view/893 – acesso em 21 dez 2020].

SCOTT, J. Prefácio a Gender and Politics of history. Pagu/Unicamp, 1994, p. 11-27.

VIANA, F. A prática docente e o uso da imagem: estudo de caso de um professor de História. Dissertação de Mestrado, Educação, UFP, 2013.

WOLFF, C. C. S. Em armas amazonas, soldadas, sertanejas, guerreiras. In: PRINSKY, C. B.; PEDRO, J. M. (org.). Nova história das mulheres. Contexto: São Paulo, 2012.

XERRI, E. G. Diálogos possíveis: “você e o indígena brasileiro” nos Livros didáticos dos nãos 1969, 1972, 1978 e no Telecurso. In: SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA, Florianópolis. 2015. [http://www.snh2015.anpuh.org/simposio/view?ID_SIMPOSIO=2156. Acesso 10 jan. 2018].

ZEN, A. C. Narrativas visuais do Brasil Oitocentista: um estudo sobre apropriação de imagens no cotidiano escolar Dissertação de Mestrado, Educação, UCS, 2013.

ZEN, D. D. Mulheres sem rosto: imagens do feminino nos livros didáticos de história do ensino fundamental (2004‒2012). Dissertação de Mestrado, História, UCS, 2019.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.