#Sou+carioca: um estudo de caso acerca do consumo de tours organizados pelos moradores do Rio de Janeiro

Caroline Martins de Melo Bottino, Amanda Danelli Costa

Resumo


O presente artigo desperta uma discussão a respeito do conceito de turismo interno na atualidade. Por muito tempo, diferenciamos a prática do lazer da atividade turística tomando por base a premissa do deslocamento do seu entorno habitual. Contudo, o turismo como qualquer fenômeno, vem sofrendo mudanças constantes e se adaptando às novas demandas e expectativas sociais e de mercado. Sendo assim, nos propusemos a refletir, no presente trabalho, a respeito do consumo de tours organizados, pelos habitantes da localidade em que são ofertados. A cidade do Rio de Janeiro, considerada a história de um dos mais reconhecidos destinos da contemporaneidade, enseja um espaço amplo de discussões a respeito da atividade turística, seja pelos atrativos que oferta, pelos eventos que recebe ou pela forma como constrói e promove sua imagem. No contra fluxo das empresas de turismo da cidade do Rio de Janeiro, surgiu a Sou+Carioca para oferecer passeios guiados, pelos atrativos turísticos consagrados, aos seus residentes. Um atestado caso de sucesso que vem ganhando concorrentes e movimentando o mercado, nos levando ao seguinte questionamento: podemos fazer turismo dentro da nossa própria cidade?


Texto completo:

96-111

Referências


BARRETO, Margarita. Turismo y Cultura. Relaciones, contradicciones y expectativas. El Sauzal (Tenerife. Espanha): ACA y PASOS, RTPC, 2007.

BENI, Mario Carlos. Análise Estrutural do Turismo. São Paulo: Senac, 1997.

CASTRO, Celso. “A natureza turística do Rio de Janeiro.” Em Turismo e identidade local: uma visão antropológica, edição: Margarita BARRETO e Álvaro BANDUCCI JR., 117-125. Campinas, SP: Papirus, 2001.

COSTA, Amanda Danelli. “A cidade do Rio de Janeiro: Cultura urbana e imagem turística.” Revista do Arquivo Nacional 28 (jan-jun 2015): 186-195.

GOELDNER, Charles R, Brent J. R. RITCHIE, e Robert W. MCINTOSH. Turismo: princípios, práticas e filosofias. Porto Alegre: Bookman, 2002.

PACKMAN, Elbio. “Sobre as definições de turismo da OMT: Uma contribuição à história do pensamento turístico.” Anais do Seminário da ANPTUR, 2014: 1-20.

NEVES, Margarida de Souza. “Os cenários da República. O Brasil na virada do século XIX para o século XX.” In: FERREIRA, Jorge e DELGADO, Lucília de Almeida Neves. Brasil Republicano. Vol 1: O Tempo do Liberalismo Excludente: Da Proclamação da República à Revolução de 30. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003. 446p. p.13-44.

URRY, John. O olhar do turista: lazer e viagens nas sociedades contemporâneas. . São Paulo: Nobel, 1996.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.