Imagem para capa

O Termo de Inspeção Escolar de Germano Wagenführ (1934)

Márcia Marlene Stentzler, Michel Kobelisnki

Resumo


Este estudo tem como base o Termo de Inspeção, elaborado pelo professor e inspetor Germano Wagenführ, em 1934, o qual compõe o relatório do Grupo Escolar Professor Balduíno Cardoso e Escola Complementar anexa, em Porto União (SC), região da 3ª Circunscrição Escolar. O excerto, integra o livro Termos de visitas das autoridades escolares, compõe o acervo do Arquivo da referida escola e abrange, de maneira irregular, o período compreendido entre os anos 1919-1939.O livro Termos de visitas das autoridades escolares foi inventariado pelo Núcleo de Catalogação e Pesquisas em História da Educação (Nucathe), instituído na Universidade Estadual do Paraná (Unespar), em 2009. Vinculado ao curso de Pedagogia do campus de União da Vitória (PR), tem como objetivo ampliar o conhecimento sobre a História da Educação na região Sul do Paraná e Norte de Santa Catarina. A iniciativa contribui para a compreensão do processo sócio histórico de organização da educação republicana na região, abrangendo os arquivos de bibliotecas, escolas, faculdades, acervos comunitários e particulares, cadernos escolares, atas, cartilhas, diários escolares, livros didáticos, entre outros.

Palavras-chave


Arquivo; documento; instituição educacional

Texto completo:

316-333

Referências


BERTUCCI, L.M. FARIA FILHO, L. M.; OLIVEIRA, M. A. T, de, Edward P. Thompson: História e formação. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2010.

BLOCH, M. Apologia à história, ou, O Ofício do historiador. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2001.

BOURDÉ, G.; MARTIN, H. Les écoles historiques. Paris: Étidions du Seuil, 1989.

BRASIL.Decreto nº 3304 de 03 de agosto de 1917. Publica a resolução do Congresso Nacional que approva o accôrdo de 20 de outubro de 1916, firmando entre os Estados do Paraná e Santa Catharina, estabelecendo os seus limites. Disponível em http://www.lexml.gov.br/urn/urn:lex:br:federal:decreto:1917-08-03;3304. Acesso em 19 jul 2013.

CARVALHO, M.M. Reformas da Instrução pública. LOPES, E. M. T.; FARIA FILHO, L. M. de; VEIGA, C. G. (Org.). 500 anos de educação no Brasil. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2000.

CHARTIER, R, A história cultural: entre práticas e representações. Rio de Janeiro: Editora Bertrand, 1990.

FARIA FILHO, L.M. A legislação escolar como fonte para a história da educação: uma tentativa de interpretação. In: FARIA FILHO, L.M.; DUARTE, R.H. [et all]. Educação, modernidade, civilização: fontes e perspectivas de analise para a história da educação oitocentista. Belo Horizonte: Autentica, 1998.

FEBVRE, L. Combates pela História. Lisboa: Editorial Presença, 1989.

GRUPO ESCOLAR BALDUINO CARDOSO E ESCOLA COMPLEMENTAR ANEXA. Termo de visita: inspetor Germano Wagenführ. Porto União, SC, 1934. (p.18-23).

KOBELINSKI, M. História, Linguüística e modernidade: algumas considerações sobre um entrelaçamento. Revista Luminária, nº 4: 13-13, ago., 2001.

KOBELINSKI, M., VIEIRA, Denise Scolari. Introdução. Novas Sensibilidades na América Latina: expressões histórico-literárias (sécs. XVIII-XXI). In: KOBELINSKI, M. (Org.). Novas Sensibilidades na América Latina: ensaios de história e literatura. Curitiba: CRV, 2016, p. 13-35.

LE GOFF, Jacques. História e Memória. Campinas: Editora da Unicamp, 1996.

MASTRONARDI, V., SANTE, A. B., CALDERARO, M. Grafologia giudiziaria e psicopatologia forense. Metodologia di indagine nel falso grafico e la capacità di intendere e di volere dalla grafia. Giurisprudenza. Roma: Giuffrè Editore, 2010.

MORETTI G. Grafologia pedagógica. Padova: Edizioni Messaggero, 2002.

PINTASSILGO, J. Os professores: entre a ciência da educação e a arte de ensinar (reflexões entre o passado e o presente). In: CAMARA, S. (org.) Pesquisa(s) em História da educação e da infância: conexões entre ciência e história. Rio de Janeiro: Quartet; Faperj, 2014.

RODRIGUES, A.M.L. A teoria dos arquivos e a gestão de documentos. In: Perspect. ciênc. inf., Belo Horizonte, v.11 n.1, p. 102-117, jan./abr. 2006.

STENTZLER, M.M.; Entre questões lindeiras e a superação de fronteiras: A Escola Complementar em Porto União (SC) e União da Vitória (PR) 1928-1938. Tese (Doutorado em Educação). Programa de Pós Graduação em Educação da Universidade Federal do Paraná. Curitiba: UFPR, 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.